Cooperativas

Econativa -Cooperativa Regional de Produtores Ecologistas do Litoral Norte do RS e Sul de SC



Na região do litoral norte do Rio Grande do Sul e do Sul de Santa Catarina, onde a produção de banana é uma atividade que envolve centenas de famílias, cada vez mais agricultores e agricultoras vêm adotando o cultivo ecológico.
Por outro lado, cada vez mais consumidores, consumidoras e instituições como escolas, creches e asilos desejam usufruir dos benefícios proporcionados pelos alimentos ecológicos.
Fazer o produto ecológico chegar até o mercado consumidor, constituía o gargalo para a ampliação da produção ecológica de banana, especialmente através dos sistemas agroflorestais. Somava-se a isso, o fato de que a agricultura ecológica da região não tinha uma representatividade institucional, essencial para sua consolidação e reconhecimento.

Após muitas reuniões, discussões e dúvidas, em 30 de setembro de 2005, foi formalizada a criação da Cooperativa Regional de Produtores Ecologistas do Litoral Norte do RS e Sul de SC.
O que era sonho, tornou-se uma realidade. A organização de uma cooperativa de produtores veio coroar a soma de mais de dez anos de trabalho de diversas entidades no litoral norte: a Pastoral Rural, o Centro Ecológico, o MMC ( Movimento de Mulheres Camponesas), ACERT ( Associação dos Colonos Ecologistas da Região de Torres), MPA ( Movimento dos Pequenos Agricultores) e todos os grupos e associações que ao longo do tempo foram se juntando a esta caminhada e avançando na proposta ecológica.

Em abril de 2006 a cooperativa participou pela primeira vez do Projeto de Compra Antecipada da Conab – Companhia Nacional de Abastecimento, comercializando 8 toneladas de banana ecológica por semana, que são entregues para entidades beneficentes nos municípios de Torres, Três Cachoeiras, Arroio do Sal, Xangri-lá, Santo Antonio da Patrulha, Tramandaí e Osório. São crianças, jovens, adultos e idosos que através de creches, asilos, escolas, Pastorais, Apaes, associações assistenciais e clubes de mães podem melhorar sua alimentação consumindo um alimento de alto valor nutricional e sem agrotóxicos. Atualmente a Econativa está participando pela quarta vez deste Projeto de Compra antecipada da Conab.
Em 2006 também foi desenvolvida a marca própria da cooperativa, com nome fantasia Econativa, para identificar os produtos processados pelas agroindústrias Morro Azul e da ACEVAM ( Associação dos Colonos Ecologistas do Vale do Mampituba).
Em abril de 2008, o Governo do Estado de Santa Catarina comprou 20.000 vidros de 700 gramas de doce de banana ecológico para a merenda escolar. Os doces foram produzidos na Agroindústria Morro Azul e garantidos por um selo de certificação, obtido através do sistema de certificação participativa da Rede Ecovida de Agroecologia.
A Cooperativa Regional de Produtores Ecologistas conta com 29 associados da Acert, Apemsul, Acevam, Rio Bonito, Alto Rio de Dentro, grupo Santo Anjo, e grupo Morro Azul.


Objetivos da Cooperativa regional de Produtores Ecologistas do Litoral Norte do RS e Sul de SC
*Ser uma central de compras e vendas
*Ser um incentivo para os agricultores diversificarem suas propriedades.
*Ser uma entidade representativa na região. A cooperativa, formada por grupos de agricultores e consumidores ecologistas da região, vai servir como referencial para divulgar o trabalho de agricultura ecológica e fazer contato com outras regiões.
*Atender os agricultores com insumos necessários para a produção agrícola ecológica.

Quem pode se associar?
* Pessoas físicas de cada grupo, tendo o número mínimo de 3 se associando para formar um núcleo. Outras cooperativas e entidades (pessoa jurídica) que trabalhem com agricultura ecológica tendo esse objetivo em seu estatuto.
* Para serem admitidos na Cooperativa, novos núcleos terão que comprovar um período mínimo de 1 (um) ano de experiência de produção ecológica e de atuação em Grupo, ter feito curso de Princípios Básicos em Agricultura Ecológica, e acompanhamento com assistência técnica de organização ou Entidades referendada pela Cooperativa.
Como?
*Pagando uma cota parte de R$ 240,00 de uma só vez, ou uma entrada de R$ 36,00, mais 24 parcelas de R$ 8,50.
Coordenação eleita na data de fundação
1º Coordenador Geral: Sidilon Mauricio F. Mendes
2º Coordenador Geral: Tobias José Fernandes
1º Secretária: Silvana de Fátima Ferrigo
2º Secretário: Januário Gilberto Lima Filho
1º Tesoureiro: Mauro Fernandes Martins
2º Tesoureiro: Maria Elena de Oliveira Gomes, com mandato de 06 de junho de 2005 até 05 de junho de 2007.
Conselho Fiscal
Eroni de Souza Borges
Renato Cardoso Leal
José Manoel Mendes;
Suplentes
José Ozi Justo Schardosin
Jairo Francisco Bauer da Rosa
Elizeu Silva Spido
A coordenação vai ser trocada de 2 em 2 anos e poderá haver somente uma reeleição.
Conselho deliberativo
O conselho deliberativo ainda não está estruturado. Será composto pelo coordenador de cada núcleo. No caso desse não ser sócio ainda, o núcleo escolhe um representante

A coordenação vai ser trocada de 2 em 2 anos e poderá haver somente uma reeleição.
Conselho deliberativo
O conselho deliberativo ainda não está estruturado. Será composto pelo coordenador de cada núcleo. No caso desse não ser sócio ainda, o núcleo escolhe um representante sócio.

A Econativa fica na rua Francisco Hipólito Rolim 612
Três Cachoeiras - RS
Cep 95580 – 000
Fone (51) 3667 - 1516
econativa@centroecologico.org.br

Na foto acima, almoço no intervalo de um curso de processamento de derivados da cana, promovido pela Econativa em março de 2008.

 voltar

 

Artigos   

TRANSGÊNICOS E SEUS RISCOS: A CIÊNCIA A SERVIÇO DA INDÚSTRIA QUÍMICA

No decorrer do desenvolvimento capitalista, também a semente tornou-se uma mercadoria. Enquanto, historicamente, a semente foi para o agricultor apena...


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br